Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Teenage Dirtbag

a puta da nostalgia

por Inês, em 18.06.16

É que nem sequer é vendida. Aparece só e a minha alma nunca lhe resiste. Desnuda-se em cada paisagem à frente dos meus olhos até eles verterem. E passa-se o dia todo com os olhos tremidos, reflexos, à espera das próximas lágrimas. As viagens são a tortura, pensar em fazer a mala é adiado mais uma vez porque eu odeio profundamente fazer malas neste trajeto. E ainda tenho um mês lá. O que dizer nessa altura. Faltam-me coisas, pessoas. Sente-se o fim a chegar e eu odeio isso. E sou a pessoa mais feliz do mundo, ainda assim. Tenho tudo e há dias que tenho um vazio tão grande dentro de mim que custa. São poucos dias, mas caraças, teimam em existir.

Eu sou aquele tipo de estudante que

por Inês, em 10.04.16

Não consegue manter um caderno, e como já sabe disso, nem sequer tenta. Baseia o seu estudo num conjunto de folhas que nem sequer estão por ordem, na maior parte das vezes, porque nunca ando com agrafos. Que não tem apontamentos nenhuns para os outros por os seus serem tão maus. A sério que eu gostava de ser minimamente organizada, mas... opá, não consigo. Deixo os apontamentos bonitinhos para os outros.

Quando anunciam Diabo na Cruz no Enterro

por Inês, em 02.04.16

e tu adoras, adoras, adoras! E até quase equacionas faltar a jantares académicos para não perder esse grandioso concerto. E aumenta a tua ansiedade para a melhor semana do ano, que já não era pouca, e depois te lembras que tens um mês de estudo intenso até lá. Fuck.