Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

28 de Abril, 2013

Awesome Days

Inês

Tenho que vos contar como passei o meu Dia da Liberdade. Quinta combinei com a Diana e com a Amelie irmos para o Porto. Passear, conhecer. Temos aqui o Porto tão perto e pouco conhecemos dele. Temos que nos aventurar mais. Lá fomos então logo de manhã de metro até ao Jardim do Morro (parte de cima do Cais de Gaia). Aí descemos até ao Cais por teleférico e por andarmos por este meio, tivemos a oferta de uma degustação de vinho do Porto. Ficamos tipo "A sério? Ok. Bora lá!". Chegamos à cave e perguntaram-nos qual preferíamos entre quatro especialidades de vinho do Porto. A Diana e a Amelie ficaram caladinhas a eu disse 'rosé' só porque sim. Era horroroso. A Amelie até gostou mas eu detestei. Seguimos a pé para o lado do Porto, atravessamos a ponte D. Luís e almoçamos num dos restaurantes da ribeira. Aquilo é suposto ser caro porque os turistas pagam bem mas nós comemos bem e ficou apenas cinco euros para cada uma (cachorro especial com molho de francesinha e água). Depois partimos para a Rua de Sta Catarina (onde entramos no Majestic e saímos logo a seguir) e para a zona dos Clérigos. Gostávamos de ter entrado na Livraria Lello mas estava fechada. Subimos então à Torre dos Clérigos (quatrocentos e oitenta degraus ao todo) que lá em cima é super apertadinha mas tem uma vista realmente fantástica. Depois, entramos no elétrico e fomos até Museu do Carro Elétrico (entramos no elétrico errado, preferíamos o que faz a viagem pela marginal mas depois não mudámos porque tínhamos que pagar outro bilhete). Voltamos para o Jardim da Cordoaria e seguimos a pé até à Av. dos Aliados onde estava a decorrer uma manifestação (típica do 25 de abril). Ficamos lá a ouvir um pouco da música que uma banda estava a tocar que por acaso gostei bastante mas pesquisei e não encontrei nada. Depois, entramos no metro e fomos até São Bento (a viagem foi super pequena e dispensável mas precisávamos de viagens para o que se seguia). Aí entramos no funicular (para quem não sabe - eu não sabia - é tipo um elevador envidraçado que faz um percurso na diagonal entre a cidade lá em cima, São Bento, e a ribeira cá em baixo) e andamos de funicular umas três vezes seguidas (logo que tenhamos uma viagem no andante podemos, durante uma hora, andar tanto no metro como no funicular como noutros meios de transporte públicos). Na quarta viagem a fila estava enorme e como tínhamos pressa, decidimos subir a pé até São Bento. Subimos para aí mais uns duzentos degraus nessa zona. Chegamos lá em cima a morrer mas ainda tínhamos que nos despachar para a apanhar o metro até ao ponto de encontro com o meu irmão. E depois lá chegámos. Foi um dia em grande. Mapa na mão, máquina fotográfica, ar de turistas e lá vamos fomos nós! O tempo tava ótimo. A companhia também. Visitei montes de coisas, passei a conhecer o Porto bastante melhor. Coisas muito boas para recordar.

 

O mês de Abril tem sido um mês, realmente, bom para mim. Cheio, ocupado, montes de coisas novas para assimilar mas ótimo. Adorei. Primeiro, esteve cá em Portugal uma alemã amiga da Amelie que esteve na escola connosco - primeira novidade. Depois, na segunda semana, vieram os estrangeiros e a escola entrou num clima de surpresa a cada intervalo. Depois, entre a terceira e a quarta semanas tive mais três visitas de estudo (primeiro ao Porto o dia todo, depois o encontro de moral no parque da cidade, mais um dia inteiro fora da escola, e depois o pmate, outro dia sem aulas). Mais feriados, o dia vinte e cinco de abril muito bem passado e aproxima-se o um de maio que, com muita pena minha, vai ter que ser passado em casinha a fazer trabalhos. A somar a isto tudo, o mês de Abril foi ainda um mês em que a minha cabeça não parou para preparar uma coisa que vos quero mesmo falar mas isso fica para o próximos post. Foi um mês em grande. Adorei.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.