Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

19 de Agosto, 2013

Experiências Profissionais

Inês

Ontem foi um dia complicado para mim. Aventurei-me no café e restaurante onde a minha mãe trabalha num dos dias mais movimentados. Decisão errada claro está. Do café pouco percebo. Eu sei lá o que é um pneu, um paralelo ou um ricard tomato! Agora sei. Bem, pensando melhor, já não me lembro de alguns destes. Bebidas super estranhas das quais eu nunca ouvi falar! As pessoas esperavam uma coisa de mim (embora eu nunca tenha dado provas de nada) e eu desiludi e isso irrita-me profundamente. Fico frustrada mesmo. Mas, ao mesmo tempo, tenho plena noção de que nunca disse que conseguia fazer mais do que fiz ou que percebia do assunto mais do que realmente percebo. Mas enfim. O dia lá passou. Com mais ou menos asneiras e mais ou menos chamadas de atenção. Fiquei contente quando terminou às onze da noite (doze horas certinhas lá dentro, fónix!). Como já devem ter reparado, não gostei assim muito. Isto deve-se sobretudo ao stress causado tanto pelos 'patrões' como pelos clientes que são os mais estúpidos do mundo. Gente mesmo rasca que só quer é queimar quem lá trabalha. São capazes de fazer altas figura para não pagar e depois mais tarde pagarem ao dono do café para, basicamente, demonstrarem que, nós, empregadas, somos fracas e más profissionais porque não exigimos o pagamento. Caraças! É preciso andar atrás das pessoas para pagarem o que consomem? Pois. Pelos vistos, é! Gente mal educada e desonestos! O ambiente, como podem comprovar, é muito mau. Não gosto mesmo nada. Por isso, não penso repetir a dose tão cedo. Quanto ao zoo (nunca mais vos dei novidades sobre isso mas tenho lá ido!), posso dizer coisas melhores felizmente. Lá no zoo, passo o meu tempo maioritariamente no bar do zoo também mas não se compara. Em primeiro lugar, é numa escala muito menor. Há pouquíssimos produtos para venda e os clientes são escassos também. Para um zoo, é o normal. Mas são todos simpáticos e, quase todos, bem-dispostos. Lá safo-me bem. Mas não há muitos momentos mortos! De manhã, tenho tratado da alimentação das aves com os tratadores que consiste apenas e cortar fruta e legumes aos pedacinhos e distribui-la por taças e assim. Há também que tratar de alguns assuntos mais de secretaria como cortar papeis, fazer inventários e construir montras. Com a companhia da minha Diana, tudo isto é feito na brincadeira. Estou a gostar! E recomendo a todos que visitem zoos! Passa-se um bom bocado de tempo assim com a família ou um grupo de amigos. A sério, visitem zoos! :)