Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

12 de Março, 2012

Da tua cara não me é estranha, do festival da canção e do teste de português

Inês

Primeiro, sobre o "A tua cara não me é estranha": gosto do programa, tenho visto todos (gravados pois claro que tenho que dormir..) e acho que é hilariante. Mesmo divertido. Acho que o programa funciona como um tempinho de descontração para as "estrelas" e tempinho em que elas nos dão a conhecer outra faceta delas, uma faceta mais divertida e talentosa. Como é o caso da Romana. Confesso que não gostava e não gosto do trabalho que ela tem vindo a fazer ao longo da sua carreira de Romana mas no programa ela é espetacular. Canta "bués". de resto, mais nenhum me tem vindo a surpreender assim tanto. Ah! O João Paulo! Já me ia esquecendo. Esta criatura que emergiu do humor que eu não gosto da RTP e aterrou na TVI como uma nova personalidade para descobrir. Gosto dele, das piadas dele e do talento que ele tem. Também gosto do Vintém e é mais por estes três que sigo o programa. Vai-se vendo :)

 

Também vi sábado o Festival da Canção e li uma opinião no facebook com a qual concordei. Dizia qualquer coisa tipo, "o festival da canção não devia ser um programa para descobrir novos talentos" e eu adicionaria algo tipo mas sim para levar os grandes talentos portugueses descobertos à Europa. É que o programa é só gente nova que eu, em quase todos os casos, não conheço e não me dizem nada - e como a mim, subentende-se a portugal inteiro. E uma Romana? Ah? Juntar uma Romana a uma música de jeito (tipo rock ou à capela que foi o que eu mais gostei de vê-la cantar) era altamente! Fica a ideia...

 

À parte: Hoje recebi o meu teste de português e tive muito bom!! E fiquei super contente!!! Foi o meu primeiro muito bom a português no secundário. :D Estou contentíssima!

11 de Março, 2012

É por estas e por outras que a SIC não vai longe

Inês

Hoje acordei cedo (vá... 11h é cedo.. para variar) e estava a dar a Lua Vermelha. Uma série juvenil de vampiros a dar num domingo de manhã. Tem tudo a ver. A Lua Vermelha já está no ar há para aí 3 anos. Já passou por milhentos horários e foi gradualmente perdendo telespectadores. Eu já não via há imenso tempo. Deixei de ver. Já não estava para aquilo. Acho que é uma falta de respeito para com os que se viram envolvidos na série, ela ter tomado o rumo que tomou. E até era uma grande série. Houve vários 'conflitos' entre fãs da lua Vermelha e twilighters (eu ainda não conhecia o mundo twilight quando a série estriou) mas até era um bom programa de televisão, aqui em casa gostávamos de ver. Mas a SIC estragou tudo como tem estragado tudo o que tem sido feito. O Peso Pesado (Biggest Loser que eu adorava ver) foi modificado, modificado até perder a essência do programa. Os Ídolos estão agora uma desgraçada: mas que raio de júri é aquele? Tony Carreira e a Bárbara Guimarães a avaliarem possíveis cantores? Please! Não gosto. Não gosto nada. É por estas e por outras que a TVI é líder de audiências (coisa que não se cansa de dizer). Não há concorrência para a TVI. Nenhum outro canal generalista dá aos portugueses o que eles querem ver, bom ou mau, é o que eles querem. E a SIC podia aproveitar algumas ideias boas que tem e pô-las em prática para o povo, não para encher tempo no écran.

06 de Março, 2012

Foi na minha turma que se disse #1

Inês

L.: C., hoje pareces a abelha maia!

C.: Mas eu não estou de vermelho!

 

FAIL!!!

 

R.: (a ler uma cena de geografia) .... quilo..... ..... quiloandroids! (onde era suposto se dizer quilolangleys)

 

DUPLO FAIL!!

 

(numa apresentação de inglês) H.: ... hum... ãããã..... eco... ecopoint!

 

TRIPLO FAIL!!!

 

 

E esta é a nova rubrica do blog! Espero que se riam um bocado com as estupidezes que para lá vão sendo ditas. Não são poucas... zD