Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 26.

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 26.

10 de Março, 2013

Sangue Quente

Inês

Sexta lá acabei o livro Sangue Quente que já tinha começado há umas semanas. Tenho a dizer que gostei mais do inicio do livro do que do fim. O fim foi o esperado. Pouco surpreendente, portanto. E eu gosto de coisas que me surpreendam (pela positiva claro! nada como A Revolta que não me podia ter surpreendido mais e eu não gostei nada). Mas pronto. Diria que o final foi o típico. Ficaram juntos e felizes. E mudaram o mundo. Perfeito. O filme também foi fixe (deixo-vos aqui o link se quiserem ver, a qualidade não presta mas é o melhor que se arranja na net para já). Com uma veia cómica, como existia também no livro, outra romântica e divertida e ainda um bocadinho de ação. Não estava muito fiel ao livro. A última parte no filme foi um bocado aldrabada o que fez com que o final fosse ainda mais típico. Mas depois houve umas mudanças positivas como a parte dos outros zombies ser mais realçada. Basicamente gostei mas talvez pudesse ser melhor.

10 de Março, 2013

A Diana (e eu) fizemos o impossível

Inês

Não fizemos bem impossível porque, na verdade, foi possível. A história começa em outubro de dois mil e dez quando eu a e Di fomos a França por causa da escola. Uma das muitas aventuras que lá tivemos foi o facto de enquanto visitávamos a cidade de autocarro, numa parede exterior a uma farmácia, vimos uma sanita perfeitamente colocada como se de uma casa-de-banho se tratasse mas ao ar livre! Ficamos boquiabertas porque nenhuma de nós alguma vez se tinha deparado com algo de género e sempre que esse assunto vem à conversa é só gargalhadas, claro está. Hoje a Di esteve cá em casa para vermos um filme (foi o Sangue Quente sobre o qual ainda tenho que vos falar) e no final, aproveitei para lhe mostrar as novas capacidades do google maps. Agora dá para ter a vista de rua em, praticamente, qualquer sitio! Lá andamos a ver as nossas casas e acabamos por viajar pelo mundo. Pequim, Tokyo, Tailândia, Veneza, Alaska, La Push (onde algumas cenas da saga twilight foram filmadas), Lisboa... enfim! E lá espreitamos a cidade de Tours, onde tinhamos ficado quando fomos a França. Vimos lugares por onde tinhamos passado e foi muito giro e eis que nos lembrámos da farmácia com a sanita cá fora! Queríamos encontrá-la mas sejamos realistas, olhar para um monte de casas por via satélite e tentar encontrar algo que se pareça a uma farmácia é mais que complicado e aborrecido. E a vista de rua, neste caso, pouco ajuda porque  não sabíamos o caminho que tínhamos percorrido. Eu desisti logo no inicio (sou muito pouco paciente) mas a Diana lá insistiu e fez lá qualquer coisa que faz com que se mostrem no mapa todas as farmácias que existem na cidade que eram muuuitas. Mas ela lá procurou uma atrás da outra e não é que encontrou a parede que tanto procurávamos!? Pois foi! Mas nada da sanita! Lá estava a farmácia exatamente como tínhamos na fotografia (sim porque tiramos uma fotografia daquele momento raro) mas a sanita fugiu! E pronto, é isso. Espreitem lá o google maps que aquilo agora tá com uma qualidade do caraças e é fixe visitar sítios que não vemos todos os dias.

09 de Março, 2013

Novo desafio

Inês

Há já alguns dias que me tem apetecido fazer um desafio aqui no blog. Um como o 30 Day Music Challenge que já fiz há anos (mesmo, foi para aí inicio deste blog). Procurei e tal e não encontrei nenhum que gostasse por isso decidi fazer algo diferente sem regras ou categorias previamente escritas. Basicamente, vou postar diariamente (se puder e me apetecer na altura) coisas que são parte de mim. Coisas que eu faço, que vejo, que como, que tenho, que ouço ou até que digo. Coisas de mim, simplesmente. E reparei agora que Coisas De Mim até dava um bom nome para este tipo de personal challenge por isso, que seja! Amanhã começa (e agora vou ver a última temporada de Bones, good night kids :)).

07 de Março, 2013

Romeu e Julieta

Inês

Lembram-se de eu ter dito há umas semanas que andava a ler o Romeu e Julieta? Pois bem, finalmente esta semana acabei-o! Foi complicado e demorado mas acabei-o. Aquilo até só tem umas cem páginas mas a linguagem faz parecer que tem umas quinhentas. Anyway, está lido. Não adorei. Não fiquei surpreendida porque já tinha uma ideia da história mas até não desgostei. Claro que não me cabe na cabeça que uma rapariga com treze e um rapaz com catorze se queiram casar logo na primeira vez que se conhecem mas enfim. Histórias. Acabei agora de ver o filme. Achei que adaptação ridicularizou um pouco a obra porque adaptaram a história do livro à altura do filme (década de noventa) e assim não faz muito sentido. A história só faz sentido se for naquela sociedade do séc. XVI. Assim, fora de contexto é um bocado ridículo mas ainda assim, também gostei. Se quiserem, deixo aqui a página para verem o filme online (simples e rápido como se quer). É isto. Amanhã resta-me apresentá-lo à turma e esperar que eles até gostem do esquema-resumo-com-desenhos que eu criei para apresentar a história. See ya :)

04 de Março, 2013

Desafio

Inês

A Michelle, já me tinha passado o desafio dos Liebster Awards há algum tempo mas eu admito que tenho um bocado de preguiça para fazer este tipo de desafios. Hoje, a Inês passou-me o mesmo desafio sendo que agora sinto que o deveria fazer mesmo. Não vou seguir todas as regras e tal porque não me apetece, portanto, aqui fica:

 

11 factos sobre mim:

1. Sou, o que a maior parte dos jovens chamam de anti-social. Conheço para aí trinta pessoas ao todo na escola.

2. Estou a estudar economia só por exclusão de partes. Não me via a fazer nada do resto.

3. Adoro as sagas Twilight e Hunger Games.

4. Sou viciada na tv e na net.

5. Tiro boas notas mas estudo muito pouco em casa (não há como estudar com o pc e tv ao lado).

6. Vendo em feiras de usados mas devo ter a sorte dum raio que o parta! Tem sido só perder dinheiro!

7. Passo os meus intervalos a jogar à sueca.

8. Adoro as mcbifanas do Mac, os cachorros das roulottes quase em Espinho, as francesinhas do restaurante ao fundo da rua, os rissóis que o meu pai traz e o empadão de atum e a massa à bolonhesa da escola.

9. Quando chego da escola, bebo chá e como bolachas.

10. Gosto de vernizes com cores fortes.

11. Partilho o quarto com a minha mãe.

 

Perguntas da Michelle,:

1- Se o último filme que viste fosse acontecer (literalmente) amanhã, o que aconteceria?

Tornava numa pessoa bipolar que se apaixona por outra que também não é muito boa da cabeça (Silver Linings Playbook).

2- O que é para ti felicidade?

Um estado puro de bem com a vida e de satisfação pelo momento presente.

3- Qual é o teu maior sonho?

Pelos trinta, ter um bom emprego, uma casa para viver, uma rotina pouco stressante, algumas viagens já feitas e a minha mãe com uma vida estável.

4- Qual seria a maior tragédia que te poderia acontecer?

Perder a minha mãe.

5- Quem gostarias de ser se não fosses tu?

Eu gosto muito de ser eu.

6- Qual é o teu filme preferido?

Não tenho. Adoro a saga Twilight mas o filme que já vi mais vezes foi o Hunger Games.

7- Qual é a tua filosofia de vida (ou algo que acreditas fortemente, idêntico a "tudo acontece por uma razão").

Não tenho grande filosofia de vida mas penso sempre que há alguém pior que nós.

8- Onde gostarias de viver, sem ser onde vives?

Gostava de ter nascido num dos países nórdicos pela qualidade de vida que lá existe.

9- Nomeia um famoso(a) que gostarias de conhecer.

A Shakira.

10- Qual o piropo mais criativo que já ouviste (não tem de ter sido dirigo a ti)?

Agora não me lembro de nenhum.

11- Qual a piada mais seca (mas com piada) que conheces?

Também não me lembro :P

 

Perguntas da Inês:

1. Qual a tua primeira memória de infância?

Provavelmente as férias no zoomarine.

2. Qual o traço de personalidade que mais gostas em ti?

Não sei bem. Talvez o facto de não ser tão vulgar, tão 'normal' e adolescente como o que me rodeia.

3. O que te levou a criar um blog?

Seguir outros blogs e pensar que também eu poderia criar um espaço só meu no mundo virtual.

4. Qual a pessoa da tua família com quem és mais próxima/o?

Mãe.

5. No que reparas quando conheces alguém pela primeira vez?

Na forma de falar. Se é mais do mesmo ou algo que realmente vale a pena conhecer.

6. Qual a pergunta que gostavas que te fizessem agora?

Nada me atravessa o pensamento :P

7. Se pudesses reviver um dia, fazia-lo? Qual e porquê?

Sim. Talvez um de infância, o do zoomarine por exemplo, para relembrar a dinâmica familiar desse tempo.

8. Qual o melhor conselho que alguma vez recebeste?

Penso que foi algo do género "não faças ou digas algo que pode vir a ser usado contra ti" dito pela minha mãe. Não é grande coisa mas é do que me lembro mais vezes. E não, não vivo rodeada de dramas.

9. Qual o livro que mais gostaste de ler até hoje?

Hard choice. Os Jogos ou o Amanhecer (porque faz tanto sonhar!).

10. Do que é que Portugal precisa?

Um governo de esquerda que fiscalize corretamente e retire mais aos ricos dos que aos pobres (aquela medida adotada na Suíça é tão boa. que venha para Portugal!).

11. Arrependeste de alguma coisa?

Talvez de algumas atitudes infantis que tomei em família.

 

E pronto, tá feito!

Muito obrigada meninas Michelle, e Inês :)

03 de Março, 2013

That's How We Roll

Inês

Gosto! E não é que é português? Ah, pois é! Richie Campbell é o nome artisitico de Ricardo qualquer coisa que não me lembro agora. É do melhor que há no que toca a reggae português atualmente. Eu não costuma ouvir reggae. Gosto quando ouço mas a verdade é que ouço muito pouco. Definitavamente agora vou ouvir mais.
01 de Março, 2013

Just Life

Inês

Ontem, quando vinha no autocarro na looonga viagem que durou os habituais trinta minutos, a minha cabeça era um turbilhão de pensamentos autocríticos "és mesmo estúpida. és mesmo a piece of shit. porquê que não és como as outras? porquê que não falas? porquê que foges? porquê que tremes? enfim. é só porque és mesmo estúpida.". Vê-se, portanto, que o dia não tinha corrido bem. Às vezes acontece. Hoje, pelo contrário, o tempo de escola correu bem melhor. O teste de economia correu bem e recebi dezassete a português (e nem era dos testes que me tinha corrido melhor). No caminho para casa até se atravessou na minha mente a frase "we are awsome". We sou eu e a Amelie que temos andado aqui com um assunto debaixo de olho, if you know what I mean.

Pág. 3/3