Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

14 de Fevereiro, 2015

Sake sempre a dizer verdades

Inês

Ser caloiro em dez pontos é mesmo isto (no geral claro!). Se bem que manter uma relação amorosa anterior à universidade é possível gente! Tenho visto bastante disso até. À parte da linguagem grosseira, este homem só diz verdades. Adoro o Sake e os seus vídeos. Rio bastante, concordo com as suas opiniões sobre esta sociedade tão fácil de criticar mas não se trata puramente de comédia. Acabo por ficar revoltada com as verdades que são ditas, que me tocam por as conhecer (nem sequer as conheço bem mas conheço o suficiente para entender o quão vulgar e degredante é essa realidade). Vivemos num tempo e lugar de liberdade que, de tanto que pode fazer, não compreende o que deve fazer e o que quer efetivamente. Uma sociedade de "marias vão com as outras" e "com todos", de carneiradas, de modas que não conhecem limites nem bom senso. Uma sociedade que engole a individualidade de cada um. E, em certos aspetos, contra mim falo. Deixo-me iludir por ideais e imagens e exigências. Ora bem, afastei-me imenso do tema do post. Fiquem com o Sake que anda cheio de razão.

04 de Fevereiro, 2015

O melhor lugar do mundo

Inês

É o meu quarto. A minha casa. Os meus dois metros quadrados em Aveiro. Este conjunto de quatro paredes, um chão e um teto a que chamo casa. Passar cinco dos sete dias da semana aqui não faz disto a minha home propriamente dita mas é o gosto que tenho nisto, o tão "meu" que isto é que faz com que não haja outro lugar no mundo em que me sinta assim. E estar aqui, em sossego e apenas comigo própria, é raro o que faz com que cada momento no intimo do meu quatro seja ainda mais especial. Se não tivesse exames, inventava-os só para estar aqui. Há coisas que valem tanto a pena.