Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

22 de Julho, 2015

War in my mind

Inês

Em dois dias deixaram-me o verão livre. Mês e meio de vazio, de dias longos sem nada no calendário. E eu passei-me. Tinha trabalho prometido e uma viagem medieval para fazer e essas duas coisas iam fazer o meu verão. E agora eu vejo-me à nora, perdida. Ter tantos dias vazios deprime-me. Preciso de fazer alguma coisa. De dar fundamento a todas as vezes que acordo de manhã ou de tarde. De fazer algo que me enriqueça pessoal e profissionalmente. De acabar o verão e dizer "eu fiz isto e valeu a pena" e de contar todas as histórias ao pessoal. Mas não. Tiraram-me o chão e eu fiz um drama gigante na minha cabeça. Deprimi demais, também tenho noção disso até porque posso sempre procurar outro trabalho ou meter-me noutro projeto. Mas a motivação caiu toda naqueles dias e está a ser difícil recuperar. Até fui correr, vejam lá. Um ano inteiro sem fazer nenhum e depois vou correr para destressar. E ainda bem que fui. Neste momento ando a pensar tirar a carta no verão. Assim arrumava, pelo menos, com o código e ocupava partes dos meus dias. Mas ainda não sei. O objetivo do verão era ganhar dinheiro, não gastá-lo. Mas well, well, well... vou continuar a pensar.

07 de Julho, 2015

Summer be like

Inês

You're going be tired of fucking study. Exhausted. Till the point of wanting to come home (the shock!). And you're going to wanting nothin more than a beach and no fuckin else there. Just you and the energy coming in. And then you're going to feel all sad and nostalgic about leaving cuz the best time of your fucking life just ended. And then you're going be on that right beach just like you imagined. And its goin to feel good but like somethings fuckin missin. And then you're going to enjoy one week of fuckin holidays like they always meant. You and one of the cities of your heart. And then you're going to be fuckin bored and tired of it. And then you're going to miss the people. So bad. And then you're going to feel good but not great. Existing. And then you're goin to receive that one last mark. You could close the semestre and continue to enjoy your peace days. But you'll begin to study like its the fuckin best thing ever or the last thing ever. You'll actually be happy about it. You missed it. It drives your days. Gives them a purpose. And you're going for one more exam in hopes you'll turn fuckin better. And then you're going to fuckin party hard cuz the nineteen's are just around the corner. And then you're going to balance work, holidays and the true fuckin viagem medieval. And you expect everything to be awesome. You always expect that.

01 de Julho, 2015

Mind Off

Inês

Ter a capacidade de sair por instantes, minutos ou até horas da nossa mente é grande cena. Desstressar, relaxar, descontrair. Para uns medita-se, outros correm, outros enfiam-se num ginásio, outros optam pelo yoga... Eu não relaxo com uma corrida. Ok, relaxo um pouco, mas, isso porque no final da corrida deixo de sentir aquele peso da culpa e da responsabilidade de ter que fazer exercicio. Anway, ao queria chegar era: só consigo chegar a esse estado de mind off a ver uma série ou um filme. E a minha perdição são as séries. Tenho é passado por uma grande crise televisiva porque depois de Big Bang, The 100 e Shameless não houve nenhuma que me viciasse assim a sério mesmo. Ando a ver Misfits que me colou muito na primeira temporada mas agora está a complicar tanto que já nem lhe acho tanta piada (Misfits é sobre um grupo de jovens que têm poderes e há grandes stresses entre eles, estilo Shameless mas onde as pessoas têm poderes super marados). Sendo que por causa desta crise de séries, a crise na minha cabeça não tem tido grande descanso. E isso é a verdadeira treta.