Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

29 de Janeiro, 2017

Eu tenho um blog?

Inês

Fui fazer Erasmus para a República Checa e já voltei. Mas o que é isto de fazer Erasmus? Vivi noutro país, "estudei" noutra faculdade, conheci gente nova, ganhei novos amigos (pelo menos durante o tempo em que lá estive porque infelizmente may we meet again não deve passar apenas de uma expressão - fosse o mundo ainda mais pequeno e éramos mais felizes), viajei um bom bocado, conheci grandes capitais europeias, bebi bastante, dancei também imenso, ri muito e chorei, tive semanas más, muitas saudades de casa e, quando dei por mim a metade do tempo da estadia lá reverteu-se tudo e passei a ter saudades de lá ainda lá estando. Ao vir embora também chorei pelo simples facto de que os últimos 5 meses da minha vida nunca, mas nunca mais se repetirão. É simplesmente impossível naquelas circunstâncias um grupo tão grande de pessoas se voltar a reunir. E isso é uma tristeza do caraças. Há muitas coisas das quais me arrependo e se alguém me estiver a ler e quiserem ir de Erasmus, leiam bem: vão sozinhos! SOZINHOS. Eu fui com um grupo de amigas, éramos quatro, as minhas melhores amigas de cá foram também comigo para Erasmus. Acho que se no inicio se pusesse a possibilidade de ir sozinha, eu nunca teria avançado com as coisas mas agora olhando para trás, era o que devia ter feito. Adorei a experiência com elas, mas perdi a verdadeira experiência Erasmus com todos os outros que nunca mais devo ver na vida. Diverti-me muito com elas mas demasiado pouco com o resto do pessoal e aí é que reside o meu grande arrependimento. Por isso, se posso aconselhar alguma coisa, só digo que vão, nem pensem duas vezes! Vão e aproveitem tudo! Logo desde o primeiro dia, saiam de casa! Estudem pouco que aquela merda é demasiado fácil! Bebam, falem, não se agarrem ao dinheiro que quando derem por ela já lá não estão. Viajem muito! E com pessoas diferentes. Combinem jantares, aceitem convites! Vivam muito, muito que passa a correr mesmo. Mesmo não tido sido aproveitado a 100% (maybe 60%?), foram os 5 meses mais rápidos da minha vida. E isso só pode querer dizer o quanto eu adorei o meu Erasmus. Força jovens portugueeas! Aproveitem esta grande oportunidade que é o Erasmus. Saiam daqui que isto é nada. Atirem-se ao estrangeiro! (e esqueçam lá isso de ser caro porque se forem bolseiros têm o Erasmus quase todo pago, just ask me how)