Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 26.

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 26.

16 de Agosto, 2021

9 dias de autocaravana de Lisboa a Portimão #1

Inês

Há pessoas que têm um impacto incrível na nossa vida. Há um ano quando decidi ir 2 semanas sozinha para Alvor, conheci uma pessoa em especial que me mostrou todo um universo pelo qual me apaixonei: as autocaravanas (AC). Passado umas semanas decidi que iria comprar uma e aquela ideia foi das mais obsessivas que tive nos últimos anos. Pensava nisso a toda a hora, via anúncios todos os dias, falei com vendedores e proprietários e até fiz um excel. Estava pronta para comprar. Entretanto (e devido ao estado de saúde da Fofinha que me deu motivos para não sair de casa) a ideia ficou em standby. Não saiu daqui, simplesmente passou para o futuro. Muitos dos sonhos devem passar por esse fenómeno: o adiamento. Um erro tão comum. Só é um erro se deixarmos que o seja, efetivamente. Não servindo como desculpa, tenciono mesmo adquirir a AC, apesar de agora não ser o meu foco. Se a comprasse agora, não estaria 100% focada e não poderia usufruir dela. Portanto, algures no futuro será o melhor momento. Mas bem, este post não é sobre isso.

O R. deu-me os melhores 4 dias de 2020 numa autocaravana em viagem pela costa vicentina. Nessa altura, partilhei a aventura com as minhas amigas do coração que me surpreenderam quando este ano, há umas semanas, sugeriram fazermos algo semelhante: fazer uma viagem de AC pela costa até ao Algarve. Eu trouxe a ideia e elas agarraram-na o que para mim foi espetacular porque é um sonho tornado realidade. Não poderia pedir mais. E assim fizemos. Alugamos uma AC e na sexta-feira, 06 de agosto, rumamos a Lisboa onde a levantaríamos para dar início à aventura. Não houve roteiros de viagem nem grandes planos acerca do que iríamos visitar e onde iríamos parar. Todo o conceito de autocaravanismo assenta precisamente na liberdade de podermos ir e parar onde quisermos no momento. Eu tinha apenas algumas noções geográficas e sabia as regras pelas quais nos devíamos seguir, viajando em autocaravana. Tinha o semi-plano de a cada noite, planear o dia e a noite seguinte. Porém, nem isso aconteceu pois ao terceiro dia já estávamos em modo "é ir indo e vendo", e houve mesmo dias em que só estávamos a escolher o sítio para pernoitar já o céu era escuro. Admito que tivemos sorte, pois o sítio estava sempre lá à nossa espera.

A primeira paragem foi na Comporta e não visitámos mais nada além do centro da vila. Este primeiro dia serviu apenas para fazer limpezas a fundo na AC que não planeávamos precisar mas, de facto, precisava. Alugamos a AC a 3 amigos no Yeskapa.com mais novos que nós. "Rapazitos" de 22 e 24 anos e talvez isso explique a fraca limpeza da AC. Sentimos que não estava à altura de estarmos à vontade e portanto a primeira paragem serviu para metermos mãos à obra e deixarmos aquilo a brilhar, para aí assim, podermos utilizá-la de forma confortável. Não tínhamos ainda ido às compras e na vila da Comporta também não havia supermercados, apenas minimercados onde os preços eram puxaditos. Por esse motivo, jantamos sandes, fomos dar uma caminhada e regressamos para dormir na ASA da Comporta. Um parque simples mas funcional, que ficou bastante cheio ao longo da noite pelo que nos sentimos bem acompanhadas na primeira dormida na AC. Foi fácil adormecer e estava bastante feliz por este dia ter chegado.

IMG_20210806_101538.jpg

Screenshot_2021-08-16-01-55-08-261_com.google.andr

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.