Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Teenage Dirtbag

yound adult na tarefa árdua de tentar ser alguma coisa de jeito.

Teenage Dirtbag

yound adult na tarefa árdua de tentar ser alguma coisa de jeito.

27 de Dezembro, 2015

A minha experiência em Lisboa

Inês

Fui a Lisboa no fim de semana passado numa espécie de trip de família e amigos. Foi super fixe. Gostei imenso. Correu quase tudo bem. Dica nr um: não confiem na ryanair. É uma empresa de treta onde o barato sai caro, quer em meios quer em nervos. O meu voo de regresso, Lisboa-Porto, valeu-me seis horas de espera no aeroporto de Lisboa onde ficou nítido que a ryanair simplesmente abandonou os seus clientes no aeroporto. Foi um caos e eu fiquei com os nervos em franja. Detestei, não volto a viajar nesta empresa. Easyjet será uma melhor opção, I guess. Dica nr dois: quando optarem por um hostel, não esperem nada mais do que uma cama para dormir. A sério, se não vão ficar desapontados (a não ser claro que escolham um super caro) mas, basicamente, um hostel é, sobretudo, um espaço de partilha, de jovens, de alguma sujidade, de muito à vontade, de pouca privacidade, algum barulho, muita descontração, alguma falta de manutenção e alguma má gestão. E isto tudo eles levam mesmo a sério. É barato porque há falta de qualidade. Pronto, quem estiver bem com isso, está em arranjado. Caso contrário, aconselho que encontrem outra alternativa. Em relação à cidade em si, gostei imenso. Sem dúvida, que o Terreiro do Paço foi o meu sítio preferido. Adorei aquele sítio, aquele Tejo estendido, aquele espaço aberto, aquelas multidões juntas e afastadas, aquela porta de entrada para a cidade. Tinha vida. Gostei de sentir isso.