Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

29 de Maio, 2021

Booty Call

Inês

Ainda mais rápido do que da última vez (finalmente estás a passar a cortesia à frente), perguntaste-me se estaria a fim de ir ter contigo durante a semana. Apesar dos 60 kms que nos distanciam, dos horários de semana e de partilhares a casa com três pessoas (parece uma multidão), convidaste-me e fui. O dia tinha sido uma verdadeira shit. Não por uma razão em específico, mas há dias em que me sinto verdadeiramente desconfortável a existir, é como se todo o dia fosse uma pedra no sapato e só me consigo descalçar quando chego a casa. Mas ter um plano contigo torna todas as pedras mais confortáveis. Até podia correr mal. Se durante o dia todo me sinto apenas com vontade de me deitar na cama, with just me, myself and I, trocar isso para ir ter contigo podia não dar bom resultado. Ser constrangedor, chato, estar cansada demais, enfim. Motivos para não ser uma boa experiência não faltavam. Mas não foi nada disso. Incrivelmente, o meu carro (que o ano passado não fazia sequer 30 kms) desta vez foi super tranquilo até ti, não me deixou ficar mal, só ajudou. Nem ele queria que falhássemos. Ver-te, abraçar-te, estar perto de ti está a tornar-se cada vez mais natural e confortável. Sempre foi, aliás. Mas agora, sendo mais frequente, há uma naturalidade que ainda não existia. Tão simples, tão fácil, tão bom. Dormi super pouco, fiz dezenas de kms de manhã sozinha para vir trabalhar. Coisas tão improváveis mas que fazem tanto sentido se o motivo és tu. És íman. És o meu segredo.

1 comentário

Comentar post