Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

18 de Julho, 2014

Onde andas tu?

Inês

Depois de uns na Serra da Estrela (como já vem sendo tradição) e de dois aniversários em cheio (o da Di e o meu), avizinha-se o exame de matemática e as candidaturas. O mês de Julho está a passar de forma bem diferente, comparativamente aos dos outros anos. As férias começam cada vez mais tarde e são bem mais curtas, Mas é como eu digo: ficarmos mais velhos, além de incluir um montes de tretas e responsabilidades e a perda de algumas das coisas mais fixes da vida, implica também a oportunidade de, finalmente!, podermos fazer outras das coisas mais awesome de sempre também. E eu estou a descobri-las. Não quero deixar escapar nada. Manter as expectativas baixas assim como evitar as ilusões, são o segredo para tudo correr pelo melhor. Ainda assim, sei que posso errar muito e magoar-me, que me estou a arriscar imenso, mais que nunca, mas tem valido a pena. Cinco minutos daquela sensação especial, rara, de descoberta, valem muita coisa neste momento. Se calhar estou a querer tudo demasiado depressa. Provavelmente mas não tenho sabido atuar de outra forma. Por exemplo (e para não julgarem que ando a ser grande maluca), desde que me soltei o suficiente para dançar kizomba pela primeira vez, não tenho querido outra coisa. Dançar faz tão bem! Mais e mais! Que grande mixórdia este texto. Tem se vivido bem.

Ah! E acabei de fazer dezoito anos. Os tais dezoito.

1 comentário

Comentar post