Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

Teenage Dirtbag

Este blog é o meu diário. Mais para mim do que para vocês. Uma tentativa de arquivo de pensamentos. "Teenage" como quem diz... já são 25.

25 de Junho, 2014

Repensar tudo

Inês

A maior parte das pessoas mais próxima de mim lá da escola são de cursos profissionais. Há cerca de três meses começaram todos a fazer o estágio e eu sempre olhei para esta experiência deles com alguma inveja. Eu gostava também de ter uma experiência profissional na área que estudo há três anos. Adorava! É, sem dúvida, das coisas que mais quero fazer agora, neste momento, já. Não daqui a três ou cinco anos, depois de mais o que parece ser outra vida de escola. Estou saturada deste sistema de aulas e testes e estudo. É verdade e tal não significa que seja daqueles alunos que detesta a escola. Não detesto e claro que aguentava bastante mais se fosse preciso mas a realidade é que estou simplesmente saturada deste esquema. Quero mudar, quero aplicar os conhecimentos que aprendi, quero ver as coisas a funcionar, quero fazê-las funcionar, quero fazer parte de uma equipa de trabalho, entrar nesse mundo do trabalho. Quero muito isso agora. Sei que passado algum tempo o meu discurso muito provavelmente mudaria e mudará mas no presente é isto que quero. Esta época de exames deita-me um bocado abaixo. No inicio ainda estava super motivada e conseguia estudar mesmo bem mas agora nestes últimos dias só tive maus estudos atrás de maus estudos. E vejo os meus colegas a estudar de forma super regrada e rigorosa, fechados em casa só com livros à frente e penso porque é que não consigo ter a vontade deles e aquele poder de concentração. E depois penso no que me espera daqui a uns meses: faculdade. Exames e mais exames. O que é agora um acontecimento especial, tornar-se-á normalidade. Exames, trabalhos, recursos, tudo para ontem. Tenho bem a noção de que tudo se torna mais difícil enquanto que também nós nos tornamos melhores e então tudo se adapta mas conseguirei adaptar-me assim a um estilo de vida que mal tenho aguentado nestes dias? E é que se me matasse a estudar, andasse aí toda lixada mas os resultados aparecessem até ficava satisfeita mas não. a concentração vai e vem e assim não dá para ter um bom estudo e os resultados mantém-se negativos ou medianos. E isso envergonha-me. Não estou habituada a resultados medianos, nunca estive nem quero estar mas vejo-me perante eles na matemática e detesto. Faço exames e exames e as notas aparentes que tenho continuam a não ser suficientes para o que preciso, o que 'quero'. E isto de precisar de notas, deixa-me revoltada com o sistema e comigo mesma por estar dentro dele e já ter interiorizado os seus mecanismos. Preciso de 14,5 no estúpido exame de matemática de amanhã. A questão nem sequer se põe em dominar a disciplina. Dê por onde der, 'só' preciso de 14,5 valores e lixo-me para tudo o resto. Estou mesmo desmotivada agora para estudar e até considerar sequer o futuro na faculdade. A faculdade é para mim uma opção imposta pela família, pelos profs e pela sociedade em geral. "Tens boas notas, és boa aluna, claro que vais para a faculdade, era um desperdício se não fosses"... Honestamente, não sei o que refletir, se há plano B para considerar, se o deveria ter em mente sequer. Daqui a quinze horas ou estou muito bem ou muito mal. Até lá, vou dormir e tentar não pensar sobre coisas menos complexas que para complexos já me bastam os números.

1 comentário

Comentar post